Iluminação para escritórios e ambientes corporativos

O debate sobre o universo de escritório atraentes, criativamente estimulantes e flexíveis está em pleno andamento, mas uma parte considerável do equipamento de escritório ainda é observada quantitativamente - a iluminação. Embora a luz seja de importância essencial em ambientes de trabalho orientados para o conhecimento e com foco nas pessoas: a luz pode contribuir significativamente para a qualidade do escritório e favorecer o diálogo e a concentração. Mostramos como são os conceitos de iluminação que atendem às necessidades pautadas em conhecimento dinâmico e conectado.

Quais funções a luz adota em edifícios de escritórios?

Pensando em funções de iluminação

A iluminação dos escritórios precisa atender a uma variedade de requisitos: em cada projeto, os designers são confrontados com o desafio de reunir especificações normativas, metas econômicas, condições de construção e aspectos de design em um único conceito. Um modelo teórico de funções de iluminação ajuda a avaliar a qualidade da iluminação não apenas de acordo com critérios puramente quantitativos, como iluminância ou números de eficiência energética. Separa a iluminação da sala cúbica estática para focar na utilização da situação espacial - o interior, a fachada e também o exterior.
Desta forma, a função torna-se clara: deve uma área de sala representar, orientar, tornar possível o trabalho concentrado, apoiar a comunicação aberta ou fornecer inspiração e mudança? O modelo das funções de iluminação permite que os designers respondam de forma flexível a uma grande diversidade de situações arquitetônicas e métodos de trabalho em um mundo de trabalho cada vez mais dinâmico, bem como agrupar tarefas de iluminação de maneira modular e dimensionar as áreas da sala de acordo com as necessidades. É ideal como base para um design de iluminação qualitativo e orientado para a percepção. No início de cada projeto de iluminação, é importante que os designers de iluminação façam as seguintes perguntas para cada área funcional necessária:

  1. Por que iluminamos? Qual significado corporativo-estratégico, arquitetônico ou funcional tem a sala ou zona da sala?
  2. O que esperamos do resultado da luz? Quais tarefas de escritório podem ser suportadas por meio de iluminação para otimizar o uso da sala?
  3. Qual é a solução de iluminação ideal? Qual estratégia de iluminação individual e métodos de iluminação são adequados como base para o projeto de iluminação?

Na fase de projeto, as funções de iluminação servem de hipótese para analisar o papel da iluminação em relação ao uso da divisão e à sua arquitetura. Desta forma, são criados conceitos de iluminação específicos com foco na percepção humana.

 

FundamentosIluminação